• BAEX

Planejamento de Carreira: 4 elementos para um bom diagnóstico

Autor: Paulo Magalhães


Muito além de uma competência técnica específica dentro da empresa, o projeto de Planejamento de Carreira vai demandar de você um conjunto diferente de habilidades que extrapolam os aspectos meramente operacionais (competências específicas) e vai inevitavelmente, fazer com que você aumente o grau de alinhamento ao ambiente de negócios em torno de sua atividade profissional.


 Apesar dessa adaptabilidade ser obrigatória para a sobrevivência profissional no médio prazo, ela deve ser observada com muito cuidado porque nem tudo que está no ambiente é realmente importante para sua carreira e algumas coisas sequer devem fazer parte do rol de elementos analisados, ou seja, nós precisamos impor a esta análise uma visão crítica que é decisiva na tomada de decisão dos novos rumos da nossa caminhada.


 Dentro desse contexto, existem quatro elementos, dentre outros, que com certeza precisam ser observados para uma boa análise ambiental: o nível de tecnologia aplicado e o grau de domínio das ferramentas para se destacar nesse cenário; A formato dos relacionamentos estabelecidos entre os participantes "chave" da indústria a qual você está dirigindo sua atividade; o grau de consolidação das marcas necessário e sua visibilidade nesse mercado(marca pessoal) e o modelo de transformação da ideia em produto/serviço são alguns elementos que ganham uma força maior e garantem um melhor diagnóstico e percepção do ambiente profissional.


Um bom diagnóstico é fundamental para o desenvolvimento de um bom projeto. Dessa forma, na medida em que você busca construir o seu projeto de carreira, as demandas por especialização, fruto desse alinhamento, passam a ser crescentes e devem conduzir para um novo conjunto de atributos pessoais e objetivos futuros que, via de regra, tem que ser "congruentes" e principalmente, fazer sentido para você. Ou seja, eu preciso me adaptar ao novo ambiente de negócios, por meio de uma visão crítica, construindo novas habilidades e de uma forma com que esses objetivos não sejam conflitantes entre si em termos de: disponibilidade pessoal, tempo para o desenvolvimento, capacidades e recursos necessários para sua concretização.


No próximo artigo trataremos sobre a relação que se estabelece entre a construção de um bom diagnóstico e a construção de um bom projeto, ou seja, quais são os elementos não podem estar fora de um bom Planejamento de carreira e o papel dos Indicadores de desempenho no acompanhamento da minha caminhada profissional. Caso tenha interesse também, não deixe de dar uma olhada no artigo onde tratamos sobre as estratégias de "Diversificação com Foco versus Foco com Diversificação".


Paulo Magalhães é Professor da BAEX, Mestre em Administração de Empresas com ênfase em Planejamento e Gestão pela Universidade Federal de Pernambuco, e graduado em Administração de Empresas pela UFPE.

13 visualizações
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca ícone do YouTube
  • Branco Facebook Ícone

BAEX
contato@baex.com.br
+55 81 99531-4004
Rua Alfredo Coutinho, 95. Caixa postal 06.

Poço da Panela, Recife - PE, 52061-130